Posts tagged ‘malba tahan’

Dia nacional da Matemática

Bom, ao menos uma coisa vossas excelências, os nossos parlamentares sabem fazer bem: criar feriados e datas comemorativas.
Pois bem, hoje comemora-se (sem muito alarde, é verdade!) o DIA NACIONAL DA MATEMÁTICA. Hoje, dia do nascimento do grande carioca Julio César de Mello e Souza, mais conhecido como Malba Tahan. Sim, ele mesmo, autor de “O Homem que calculava”, brasileiríssimo como eu (embora menos miscigenado que eu, eu creio! rsrs).
Malba Tahan era um divulgador da matemática além de amante e professor da arte de Arquimedes, Leibiniz, Diofanto, Euclides, Newton , Bhaskara, Euler, Gauss, Fermat e muitos, muitos outros cérebros que contribuíram para a construção de nossa sociedade, de nossa ciência e de tudo o que nos possibilita a sociedade atual ser do jeito que ela é.
Malba Tahan foi mais do que um amante da Matemática. Ele imaginava que essa bela ciência era bem melhor ensinada e aprendida se fosse (oh! Horror dos horrores dos maus professores), vejam só, DIVERTIDA.
Ainda há muitos que acreditam nessa possibilidade. Para todos os mestres que fazem da arte de Pitágoras um divertido aprendizado e para o grande Malba Tahan, os mais sincerosos e honrosos parabéns.

Anúncios

quarta-feira, 6 maio, 2009 at 6:56 pm 1 comentário


Follow Computador de papel: o conteúdo da forma on WordPress.com

Feeds

direto do Twitter

O Computador de Papel

O computador de papel nada mais é do que a tentativa de "humanizar" o computador, trazê-lo para a fantasia lúdica da realidade, fazê-lo compreendido pelos milhares que o usam, mas não o entendem. Nasceu de minhas viagens intelectuais defronte da tela de fósforo um dia em que ele retrucou-me: decifra-me ou te devoro. Para não ser devorado, ousei decifrá-lo. É também onde posto minhas aulas, meus trabalhos, minhas impressões de um pouco de nada sobre coisa nenhuma. É o local onde falo das minhas paixões, entre elas, a música, o cinema, a TI e a ciência. É um espaço de discussão sobre a realidade do computador, sua influência, seus avanços, o exercício do óbvio que é mostrar a sua importância no e para o mundo. Tem o estilo de seu criador, acelerado, com um tom sempre professoral, tresloucado, por vezes verborrágico, insano, nevrálgico, sem arroubos literários, atônito e contemplativo diante da realidade, apaixonado, livre, feito para mostrar que a TI é antes de tudo, feita por gente!

Estatísticas do blog

  • 127,428 cliques e contando...

Agenda de posts

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« maio    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031