Por que Algoritmo?

quinta-feira, 8 março, 2007 at 7:25 pm 2 comentários

O termo algoritmo casua a muitas pessoas uma certa estranheza, por não ser uma palavra comum no vocabulário do dia-a-dia. Sua origem data do ano de 830 d.C., por meio de um estudioso e matemático persa de nome Mohammed Ibn Musa Abu Djefar, conhecido por Al-Khwarizmi, o qual escreveu na ocasiãoum importante livro sobre álgebra. Durante o passar de vários anos e após ser usado repetidamente, o nome Al-Khwarizmi foi sofrendo corruptelas, o que ocasionou mudança na pronúncia: Al-Karizmi, Algarismi, chegando à Algarismo, que é a representação numérica do sistema de cálculos utilizado em nossos dias. É deste mesmo radical que vem o termo Algoritmo, utilizado em computação.

Mais sobre Al-Kwharismi -> clique aqui, aqui e aqui.

Mais sobre algoritmo, clique aqui e aqui.

————————–
Texto extraído do prefácio do livro: Algoritmos – Lógica para desenvolvimento de Programação de Computadores de Manzano & Oliveira. (Lembrando que não adotamos esse livro na biografia de nossa disciplina).

Bom feriado!

Entry filed under: Algoritmos, Curiosidades. Tags: .

Frase da semana Revolução no Desktop

2 Comentários Add your own

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Follow Computador de papel: o conteúdo da forma on WordPress.com

Feeds

direto do Twitter

O Computador de Papel

O computador de papel nada mais é do que a tentativa de "humanizar" o computador, trazê-lo para a fantasia lúdica da realidade, fazê-lo compreendido pelos milhares que o usam, mas não o entendem. Nasceu de minhas viagens intelectuais defronte da tela de fósforo um dia em que ele retrucou-me: decifra-me ou te devoro. Para não ser devorado, ousei decifrá-lo. É também onde posto minhas aulas, meus trabalhos, minhas impressões de um pouco de nada sobre coisa nenhuma. É o local onde falo das minhas paixões, entre elas, a música, o cinema, a TI e a ciência. É um espaço de discussão sobre a realidade do computador, sua influência, seus avanços, o exercício do óbvio que é mostrar a sua importância no e para o mundo. Tem o estilo de seu criador, acelerado, com um tom sempre professoral, tresloucado, por vezes verborrágico, insano, nevrálgico, sem arroubos literários, atônito e contemplativo diante da realidade, apaixonado, livre, feito para mostrar que a TI é antes de tudo, feita por gente!

Estatísticas do blog

  • 118,174 cliques e contando...

Agenda de posts

março 2007
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

%d blogueiros gostam disto: