E agora, … Pascal

quinta-feira, 28 junho, 2007 at 1:40 pm 1 comentário

Bom, meu aluno thiago tem me cobrado pelo post sobre o Pascal. Então… Vamos lá!

A linguagem de Programação estruturada Pascal foi criada em 1968 pelo professor Niklaus Wirth, em Zurique, na Suíça. Wirth concebeu uma linguagem que facilitasse o ensino de programação, desenvolvendo, desde cedo, bons hábitos entre os iniciantes. Wirth designou-a Pascal em homenagem ao filósofo e matemático francês Blaise Pascal, nascido no século 17, que construiu a pascalina – a 1ª calculadora mecânica funcional. Pascal foi incialmente, uma linguagem fortemente tipada e orientada aos dados. Pouco depois, abraçou a OOP com o diateo Object Pascal. (presente até hoje no Delphi). Pascal é tb muito estruturada e própria para o uso educacional, principalmente de Algoritmos e de estruturas de dados.

Na verdade, o Pascal originou uma gama muito grande de linguagens e pode ser considerada uma “família” de linguagens e dialetos. Grande fama da linguagem se deve ao Turbo Pascal da Borland lançado no início da década de 80, mostrando que era possível fazer compiladores bons, rápidos e baratos.

Hoje o pascal está presente além do Delphi em milhares de instituições de ensino como parte do ensino da programação estruturada e estruturas de dados. Se mais delongas, vamos aos links:

Pascal ZIM – Brazuca. Excelente. Grátis. É só conferir.
Free Pascal – Poderoso ambiente de programção Pascal. Open source.
Borland Turbo Pascal 5.5 – Excelente IDE Pascal.
Página da Linguagem Pascal na Wikipedia
Turbo Pascal Programmers Page
Delphi e Kylix
Apostila Pascal

Inté…

About these ads

Entry filed under: Algoritmos. Tags: .

Livro: Desenvolvimento de aplicativos em PHP Cursos de Linux online e gráris

1 Comentário Add your own

  • 1. Vinícius Mesquita  |  quarta-feira, 11 julho, 2007 às 8:21 pm

    Ed da uma olhada no email da turma! Vai ter um churrasco e contamos contigo, caso não tenha o usuario e senha me solicite! Abraços

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

direto do Twitter

Estatísticas do blog

  • 95,249 cliques e contando...

O Computador de Papel

O computador de papel nada mais é do que a tentativa de "humanizar" o computador, trazê-lo para a fantasia lúdica da realidade, fazê-lo compreendido pelos milhares que o usam, mas não o entendem. Nasceu de minhas viagens intelectuais defronte da tela de fósforo um dia em que ele retrucou-me: decifra-me ou te devoro. Para não ser devorado, ousei decifrá-lo. É também onde posto minhas aulas, meus trabalhos, minhas impressões de um pouco de nada sobre coisa nenhuma. É o local onde falo das minhas paixões, entre elas, a música, o cinema, a TI e a ciência. É um espaço de discussão sobre a realidade do computador, sua influência, seus avanços, o exercício do óbvio que é mostrar a sua importância no e para o mundo. Tem o estilo de seu criador, acelerado, com um tom sempre professoral, tresloucado, por vezes verborrágico, insano, nevrálgico, sem arroubos literários, atônito e contemplativo diante da realidade, apaixonado, livre, feito para mostrar que a TI é antes de tudo, feita por gente!

Agenda de posts

junho 2007
S T Q Q S S D
« mai   jul »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.066 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: